pexels-jonas-ferlin-3025562.jpg

Psicanálise e espiritualidade: Entenda essa relação

A medicina tradicional foi por muito tempo vista como a solução mais habitual de quem buscava curar doenças e outros problemas de saúde.

Contudo, práticas terapêuticas complementares, como psicanálise e espiritualidade, vem se tornando cada vez mais populares nos últimos tempos.

Sobretudo porque ao longo dos anos foi possível compreender, a partir de vários estudos e pesquisas, que apenas tratar o físico não é o suficiente para se chegar a cura.

Nesse caso também é preciso cuidar do emocional, fazer um reposicionamento interior, para conseguir acelerar o processo de recuperação.

Veja a seguir mais sobre a relação entre psicanálise e espiritualidade e seus impactos sobre a saúde e qualidade de vida das pessoas.

 

Relação entre psicanálise e espiritualidade

 

De modo geral, a psicanálise e espiritualidade são práticas terapêuticas complementares milenares e que têm origem oriental.

Com a abertura na medicina tradicional para a ideia de que o alcance da saúde pode se dar não apenas considerando aspectos físicos, mas da mente, elas se expandiram. E passaram a ser vistas como possíveis caminhos para cura em várias regiões e culturas diferentes.

É importante destacar que a relação entre psicanálise e espiritualidade no tratamento da saúde é algo que transcende questões de religiosidade.

Sobretudo porque em todas as práticas, sejam elas de ordem psicológica, religiosa ou científica, o objetivo é sempre o mesmo: a busca pela saúde e qualidade de vida das pessoas.

Por muito tempo, os conflitos internos eram tratados só pelo campo religioso.

Mas, com os anos, a razão trazida pela ciência, principalmente com a Psicanálise, ganha destaque, possibilitando a existência de noções sobre os impactos da mente e do emocional na saúde de cada pessoa.

 

Espiritualidade e Psicanálise no campo clínico

 

No geral, podemos afirmar que psicanálise e espiritualidade são duas práticas com pontos em comum desde o conceito.

 

O termo espiritualidade consiste na propensão do ser humano a buscar um significado para a vida em conceitos que vão além do tangível.

Enquanto isso, a Psicanálise trata-se do campo clínico que busca explicar o funcionamento da mente humana, para entender a relação entre desejos inconscientes e sentimentos, bem como comportamentos que as pessoas apresentam.

Para psicanálise, existem processos dinâmicos que ocorrem no interior do indivíduo e que predispõe o organismo a um determinado objetivo.

Na espiritualidade, esses processos são vistos como energias geradas que quando sai do pensamento e passa pelo emocional, podem sofrer bloqueios mentais e energéticos que se somatizam em forma de doença.

Ou seja, para a Psicanálise e Espiritualidade, é notório que o próprio indivíduo é quem cria as condições que propiciam a manifestação das doenças.

Do mesmo modo, a própria pessoa também possui a capacidade de desfazer essas condições e se curar.

Quando a doença surge, é preciso buscar ajuda médica para restabelecer o físico. Mas, paralelo a isso, também é importante mudar de atitudes, para superar os bloqueios internos responsáveis por gerar prejuízos ao nosso emocional e físico.

Entenda que se você cuidar do físico, mas não promover as mudanças necessárias para alterar as condições internas que geram a doença, ela sempre permanecerá em você, lhe impedindo de ter mais qualidade de vida.