Ansiedade.png

Um novo olhar para a ansiedade e depressão

Você já sentiu vergonha por estar com depressão?

Já teve medo de ser julgado por estar com ansiedade e depressão? Alguém já falou que você está muito ansiosa (o)?

Todos nós conhecemos alguém que sofre por causa da ansiedade e depressão.

Esses transtornos, quando perduram por muito tempo, acabam gerando sérios prejuízos à saúde física e mental e à qualidade de vida como um todo. Psica

nalista

Pessoas ansiosas perdem o controle com muita facilidade e tendem a agir de forma precipitada em muitas situações.

E tal comportamento faz a pessoa agir com agressividade ou se envolver em mal-entendidos e discórdias, prejudicando assim seu bem-estar e impedindo o alcance da felicidade.

Na busca pelo tratamento, o que se vê é uma análise isolada dos sintomas do paciente.

Quando na verdade é importante que essa análise seja feita de uma forma integrativa.

Para o correto tratamento dos casos de ansiedade e depressão não podemos enxergar o remédio como o único caminho.

Também é preciso considerar todo o contexto no qual o indivíduo está inserido, como seu estilo de vida, suas emoções e todos os elementos que fazem parte desse contexto e que influenciam de algum modo no seu estado emocional.

O que é a depressão?

 

Em síntese, a depressão corresponde a um transtorno crônico que se caracteriza por um estado de tristeza profunda e constante, apatia, angústia e falta de interesse por coisas que antes lhe proporcionavam prazer.

Ela pode surgir em diferentes intensidades e ser causada por diferentes fatores.

Segundo dados da OMS, no mundo, são mais de 300 milhões de pessoas que sofrem de depressão. No Brasil, cerca de 11,5 milhões de pessoas são acometidas por esse transtorno.

 

E a ansiedade?

 

A ansiedade, por sua vez, é um estado emocional que se caracteriza por uma sensação de tensão constante.

Uma pessoa ansiosa possui um comportamento agitado e, dificilmente, escuta conselhos ou opiniões de terceiros.

A ansiedade faz com que o indivíduo viva sempre à margem dos problemas e enxergue situações futuras sob uma perspectiva negativa.

Além disso, muitos problemas de saúde são desencadeados por conta da ansiedade.

Isso porque, o comportamento agitado e o pensamento acelerado da pessoa ansiosa requer um trabalho extra de órgãos, como coração, para compensar a energia física e mental que esse estado exige.

O mesmo acontece com outros órgãos como o fígado e os rins que passam a filtrar mais toxinas que o habitual. E tudo isso acaba gerando um desequilíbrio no organismo, levando o indivíduo a desenvolver vários problemas de saúde.

Vale destacar que a ansiedade é uma condição que pode ser passageira ou então durar por anos.

Tudo vai depender do grau de consciência que a pessoa ansiosa tem acerca dos sintomas.

Ou seja, quanto mais ciente ela estiver sobre seu estado de ansiedade e os sinais do problema, mais próxima ela estará de contornar a ansiedade.

Ansiedade e depressão têm cura?

 

Ansiedade e depressão tem cura e não apenas através do uso de medicamentos.

Estes são transtornos que também podem ser curados por meio de terapias integrativas como yoga, remédios homeopáticos, florais, autoconhecimento sobre o problema apoiado pela psicoterapia, entre outros meios.

O mais importante para começar a entender o problema e buscar uma solução é saber identificar dentro de você todo o potencial necessário para interromper os ataques de ansiedade e depressão.

Procure frear seus pensamentos e silenciar sua mente.

Deixe sua alma se acalmar. Observe o movimento da vida sem pressa ou angústia, pois tudo tem o seu tempo para acontecer.

 

Agindo assim, você perceberá coisas incríveis acontecendo na sua vida e que antes não era capaz de enxergar por conta da doença.